sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Há dias


Há dias em que julgamos
que todo o lixo do mundo
nos cai em cima
depois ao chegarmos à varanda
avistamos as crianças correndo no molhe
enquanto cantam
não lhes sei o nome
uma ou outra parece-se comigo
quero eu dizer:
com o que fui
quando cheguei a ser
luminosa presença
da graça ou da alegria
um sorriso abre-se então
num verão antigo e dura
dura ainda.
***
(Eugénio de Andrade)

2 comentários:

arthur disse...

OLa querida, adorei seu blog, encontrei fazendo uma busca por poemas de amor, e amei as musicas, gostaria de te parabenizar, e tbm saber sobre as lindas musicas..um abraço..

Cristiana disse...

Olá Arthur,
fico contente que tenha gostado.
As músicas são de Ernesto Cortázar e, se gostu das que aqui pode ouvir, eu sugiro que procure outras e as ouça porque todas valem a pena.

Cumprimentos.