sexta-feira, 4 de março de 2011

Liberdade


Ai que prazer
não cumprir um dever,
ter um livro para ler
e não o fazer!
Ler é maçada
estudar é nada.
O sol doira
sem literatura.
O rio corre, bem ou mal,
sem edição original.
E a brisa, essa,
de tão naturalmente matinal,
como tem tempo, não tem pressa…
Livros são papéis pintados com tinta.
Estudar é uma coisa em que está indistinta
a distinção entre nada e coisa nenhuma.
Quanto é melhor, quando há bruma,
Esperar por D. Sebastião,
Quer venha ou não!
Grande é a poesia, a bondade e as danças…
Mas o melhor do mundo são as crianças,
flores, música, o luar e o sol, que peca
só quando, em vez de criar, seca.
O mais do que isto
é Jesus Cristo
que não sabia nada de finanças
nem consta que tivesse biblioteca…
***
(Fernando Pessoa)

6 comentários:

Ana Pinheiro disse...

Passando para te deixar um beijinho. Espero que te encontres bem :).

Maria disse...

Amiga Hoje é o dia de TODAS as mulheres, de TODAS as raças e religiões, mulheres que se esquecem tantas vezes de si em prol da família, mulheres que lutam por uma vida melhor, mulheres companheiras, amigas, colegas, mães, mulheres que sorriem quando a alma chora, mulheres que não desistem de alcançar os seus sonhos e que no fundo do seu coração apenas desejam encontrar o seu caminho na estrada da VIDA.
Tenha um DIA muito feliz.
beijinhos
Maria

Cristiana disse...

Obrigada, Ana :-)
Estou muito bem e espero que tu também.
Ando mais desaparecida mas quando é por bons motivos, como é o caso, posso mesmo dizer que estou feliz por não vir cá tantas vezes.

Um beijinho muito carinhoso para ti e outro para a tua prncesinha.

Cristiana disse...

Maria,
obrigada pelo seu gesto e pela lembrança naquele dia tão especial para nós, mulheres.
Desejo que o seu tenha sido passado da melhor forma e desejo que não só aquele mas todos os outros sejam isso mesmo: especiais.
Para as mulheres e para os homens.
Um beijinho :-)

Ana disse...

Fico contente por te saber bem... feliz. Assim sendo, continua ausente. Por cá continuo presente neste teu tão florido e poético. Por "lá" também eu ando ausente... também por bons motivos :).
Continua a dar notícias.
Beijo terno e eterno.

Cristiana disse...

Ana,
obrigada :-)
Vou continuar mais ausente que presente, assim um género de "vou só ali ser feliz e já volto"...rs.
Fico feliz que também te ausentes por bons motivos e desejo que continues a tê-los sempre bem presentes.
Vou passando pelo teu cantinho, embora não deixe marcas visíveis da minha passagem, mas passo e isso é que importa.

Um beijinho e faz o favor de ser muito feliz :-)